Complexo Esportivo de Deodoro

INFRAESTRUTURA

A Construtora Queiroz Galvão deixou sua marca nos primeiros Jogos Olí­mpicos disputados em solo brasileiro. A empresa foi responsável pela construção do Complexo Esportivo de Deodoro, segundo maior complexo da Rio 2016. Localizado às margens da Avenida Brasil, na zona oeste do Rio de Janeiro, o complexo já tinha 60% das áreas de competição permanentes construídas, mas precisou ser totalmente remodelado. O espaço tem capacidade para mais de 55 mil pessoas e conta com cinco instalações esportivas diferentes: o Centro Olímpico de BMX, o Centro Olímpico de Hóquei, o Estádio de Canoagem Slalom, a Pista de Mountain Bike e a Arena da Juventude. O complexo sediou 11 modalidades olímpicas e quatro paralímpicas.

Antes do início das Olimpíadas, o Complexo recebeu diversos eventos-testes, entre eles a Copa do Mundo de Tiro Esportivo, realizada em abril de 2016, no Centro Nacional de Tiro Esportivo. O espaço onde o atirador Felipe Wu ganhou a primeira medalha do Brasil representou um dos maiores desafios para a Construtora Queiroz Galvão. A estrutura de 50 mil m² já havia sido construída para os Jogos Panamericanos do Rio, em 2007, mas precisou receber proteção acústica, aumento da capacidade de público, novos vestiários e climatização.

Após as competições, a Construtora Queiroz Galvão inicia as obras para transformar o complexo no Parque Radical, um grande parque público, com diversas atividades para a população. O Parque será a segunda maior área de lazer da cidade, com 500 mil m², e sediará ainda um centro olímpico de treinamento para atletas de alto rendimento.

Para erguer esse legado ao povo carioca e aos nossos atletas, a Construtora Queiroz Galvão projetou as instalações em conformidade com os padrões das melhores práticas de qualidade. O objetivo é priorizar inovação, durabilidade, ciclo de vida, manutenção e preservação ambiental para atender as exigências do Comitê Olímpico Internacional (COI) e garantir um patrimônio para a comunidade local.

Galeria de obras Construtora Queiroz Galvão


CANAL DENÚNCIA 0800 721 1410