Empresa é a primeira no segmento de infraestrutura do Brasil a ser reconhecida com ISO Sistema de Gestão Antissuborno

O último dia 11 de julho ficará marcado na história da Construtora Queiroz Galvão Brasil. Foi nesta data que a empresa recebeu a certificação ISO 37.001:2016 – Sistema de Gestão Antissuborno.  A conquista é fruto de três anos de investimento no desenvolvimento de um robusto programa de compliance, com aperfeiçoamento de processos administrativos e constantes treinamentos voltados a todas as escalas da hierarquia. O certificado é o reconhecimento concedido a organizações capazes de realizar negócios de maneira correta e transparente, e em conformidade com padrões e regulamentos internacionais. A certificação foi concedida pela auditoria RINA, empresa de serviços de Classificação, Certificação, Inspeção e Testes que asseguram a excelência de organizações dos setores naval, de energia, infraestrutura, transporte e logística.

A Construtora Queiroz Galvão é a primeira empresa do segmento de infraestrutura a obter a certificação, desde que o selo chegou ao Brasil em março deste ano. A empresa também conquistou o atestado de conformidade da ISO 19.600:2014 – Diretrizes de Sistema de Gestão de Compliance, que tem por finalidade servir de padrão internacional e referência global, trazendo uma importante contribuição para um tema altamente importante e estratégico para as organizações.

As duas conquistas foram alcançadas a partir de registros que comprovam a aplicação na prática de todos os processos definidos nas políticas internas da Construtora.

Mais do que avaliar a documentação exigida, os auditores da RINA fizeram entrevistas individuais, em caráter confidencial, com vários colaboradores da matriz e das obras para avaliar a efetiva conscientização sobre as políticas de compliance e antissuborno. Também foram observados o conhecimento sobre os mecanismos de apresentação de denúncias e sobre a aderência dos instrumentos adotados pela organização para controle dos riscos associados. O processo de auditoria foi liderado pela Diretoria de Compliance. “O que torna o compliance vivo dento de uma empresa são as atitudes de seus funcionários. Para ter políticas transformadas em ações, precisamos de pessoas engajadas e comprometidas, buscando o mesmo propósito”, diz Jandrey Plissari, gerente de Compliance da CQG.

Para Jefferson Carvalho, gerente de desenvolvimento de negócios da RINA, os agentes financiadores e agentes seguradores estão debatendo com muito interesse como a certificação ISO 37.001:2016 pode vir a mitigar certos riscos na concessão de créditos ou de apólices e garantias, privilegiando esforço das empresas certificadas. “A conquista da certificação comprova a implementação de um sistema de gestão eficaz antissuborno, o que contribui fortemente para a cultura de combate à corrupção”, explica.  “Há a tendência da empresa que possui o certificado ser melhor avaliada pelo mercado.”

 

200-125   300-075   210-260   210-060   300-115   100-105   300-101   400-101   300-320   300-070   300-206   200-310   300-135   300-208   810-403   400-050   640-916   642-997   300-209   400-201   200-355   352-001  

CANAL DENÚNCIA 0800 721 1410